ESCOLA ASTEKA

Loading...

TOTAL DE VISITAS

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

CONDUTA NO DOJO


   Um Dojô (escola) de Karatê segue rigorosamente as regras tradicionais da boa conduta. Seu espírito provém diretamente do Fundador do Karatê e é um lugar onde são transmitidos os seus ensinamentos. Cabe a cada estudante honrá-lo e segui-lo com sinceridade.

Quando você entra no Dojô, entra num mundo diferente, num mundo de guerreiros. Pode ser um lugar de respeito e amistosa camaradagem - ou um covil de paranóia e desconfiança. No dojô de Karatê, atacamos e somos atacados, aprimorando a nossa capacidade de responder intuitivamente. É a corrente subjacente de etiqueta e comportamentos sociais que nos permite praticar em segurança, disciplinar e redirecionar as reações agressivas e desenvolvendo os sentimentos de compaixão e respeito.

A cerimônia que abre e fecha cada pratica de Karatê, representa uma reverencia formal do Karatê, depois faz-se uma reverencia ao Fundador e uma última entre sensei/shihan e kohai. As reverencias ao Sensei simbolizam o respeito pelo espírito e ensinamentos do Karatê, como também a gratidão pelo fundador que desenvolveu esse sistema de pratica e estudo..

A correta atitude de respeito, sinceridade e humildade, bem como a atmosfera adequada, são essenciais para o processo de aprendizado; e, como o Karatê é uma arte marcial, constituem ingredientes imprescindíveis para a segurança de cada indivíduo.

As regra seguintes são necessárias para a manutenção dessa atmosfera e vitais para o estudo do Karatê.

1) É responsabilidade de todos manter as regras tradicionais de conduta no Dojo, este espírito vem do Fundador e deve ser respeitado, honrado e mantido.

2) É de responsabilidade de todos criar uma atmosfera positiva de harmonia e respeito.

3) O Dojô não deve ser utilizado para outro fim a que se destina, salvo expressa ordem do Sensei (professor).

4) A limpeza é uma oração de agradecimento, é dever de todos executar a limpeza física e de coração.

5) É decisão do Sensei se irá ou tomar você como kohai. A técnica não se compra. A taxa mensal de contribuição garante o local do treinamento e da à você a oportunidade de mostrar um pouco de gratidão pelas lições recebidas. O estudante deve pagar a contribuição na data marcada.

6) Respeitar, Respeitar e Respeitar, é um pensamento constante em um Dojô.

7) É dever moral de todos usar as técnicas aprendidas para fins pacíficos visando sempre construir, é muito fácil quebrar ou machucar alguém, mas concertar o dano nem sempre é possível.

8) Procure controlar o seu ego no dojô; O Dojô de Karatê não é um ringue de competição de vaidade.

9) A insolência (mau comportamento) jamais será tolerada, devemos ter sempre consciência das nossas limitações.

10) Cada pessoa tem condições e razões diferentes para treinar, devemos respeitar suas expectativas.

11) Jamais se deve contra argumentar com o sensei, não há lugar para discussões em um Dojô.

12) Nunca deixe de fazer a reverência ao sensei ao entrar ou sair do Dojô.

13) O respeito com seu uniforme de treinamento o karatê - gi, é fundamental, este deve sempre estar limpo em boas condições e aparência.

14) O Dojô não é praia, sente-se sempre em seiza ou com as pernas cruzadas no estilo japonês caso tenha problemas no joelho, evite encostar-se nas paredes.

15) Quando o Sensei demonstra uma técnica, fique sempre em seiza, ou zanchin após faça uma reverência, e comece imediatamente a praticar.

16) Quando o final de uma técnica é assimilada, cumprimente o parceiro e vá imediatamente para o lugar de início da aula.

17) se for absolutamente necessário perguntar algo ao Sensei (professor), vá até ele NÃO o chame para si.

18) Respeite os kohais mais experientes, jamais discuta se as técnicas estão erradas ou não.

19) Se você não é Yudansha (faixa preta) não corrija ninguém sem que o seu  shihan o designe para tal tarefa.

20) Não converse em no dojo assuntos irrelevantesao karatê porque Karatê é experiência.

21) É responsabilidade de todos manter o Dojo limpo, de preferência deve ser varrido diariamente e antes de cada treino.

22) Não se deve usar jóias, mascar coisas no tatame. Além do corpo somente se usa o karate-g.

23) Se você precisar sair temporariamente do Dojô peça autorização ao Sensei mas faça isso somente em caso de extrema necessidade.

Oss!

Nenhum comentário:

A PALAVRA OSS!

Em sânscrito , mantra (a palavra mantra tem dois componentes MAN=pensar e TRA= transcender , livra-se das armaduras, instrumento) a saber pode se traduzido como vocalização de uma letra, silaba, palavra, frase ou texto, com ou sem notas musicais cujo potencial vibratório emana toda a sua mensagem de comunicação.

A palavra oss, é um mantra de origem japonesa , e torna-se praticamente uma linguagem dentro do mundo do karatê-do, compreendida e trocada no meio de numerosos praticantes de varias nacionalidades e linhas técnicas , o que faz ter uma conotação universal , não somente nas ocasiões de encontros cotidianos mas também para substituir certas palavras ou expressões diárias tais como: bom dia, boa tarde, sim, não , entendi, não entendi, ouvi,certo etc.

Quando for usa-la para cumprimentar ou saudar, faça-o com firmeza e vigor, olhe nos olhos do outro e depois incline levemente demonstre respeito, sinceridade, confiança e segurança pelo seu semelhante; quando a saudação for em grupo se concentre em cada pessoa que esta no dojô, mesmo os que são simplesmente ouvintes.

A transição fonética do oss , escreve originalmente com dois caracteres chineses.

O primeiro caractere que significa literalmente pressionar, simboliza o espírito combativo, a importância do esforço de afrontar todos os obstáculos que venham ti desafiar.

O segundo caractere , que significa sofrer e o espírito de perseverança; suporta as dores e resiste os momentos de depressão com paciência e sem renunciar guardando sempre a serenidade.

A expressão oss , chama toda egregora de karateca ao esforço maximo para que se tomem um resolução , se comuniquem e coragem mutuamente, estando educados para o melhor caminho.

Quando foi ecoada pela primeira vez na escola naval, já ecoava todo poder d e seus princípios.

A palavra oss não pode nem deve ser pronunciada levianamente , pois devemos reexaminar nossa atitude ,postura estado de espírito , pronunciação e harmonia interior. Não queremos aqui impor um conduta padrão mais sim da um medida para que todo karateca possa ter um base nas teorias e aplicar na pratica.

Onde encontrar as escola Asteka?

R. Paraguaçu 834-Serrinha- Fortaleza-Ce
fone. 88083244
Shihan Francisco Djalma 5º dan


R. Jaime Benevolo- Fatima-Fortaleza-Ce- ACADEMIA CORPORE-SANO
fone. 3227-8300
Shihan Francisco Djalma 5ºdan

R. Menor Geronimo s/n Passaré-Fortaleza-Ce -ESPAÇO VIVA GENTE
fone.3101-3018/31013017
Sensei Elson araujo 1º dan



Av. 2 de Maio s/n-Passaré-Fortaleza-Ce- E.E.F RAIMUNDO DE MOURA MATOS
fone.
Kohai Franciso Carlos


R. Sitônio Monteiro s/n- Santa Luzia- Canindé-Ce- CSU
fone.99335586/99946359/88377127/88083244
Shihan Francisco Djalma 5º dan
Shihan Romilson Mariano 4ºn
Sensei Ivanildo Amorin 2º dan
Sensei Francisco Erilson 1º dan


EEFM. Senador Paulo Sarasati - centro de Paramoti-Ce
fone.99187802
Sensei Marcos Rocha 3º dan







POTÊNCIAS DO KARATÊ

Muitas pessoas têm a impressão errônea de que as armas do karatê são apenas as mãos (fechadas ou abertas) e os braços, os pés e as pernas. Entretanto, não é exagerado dizer que todas as partes do corpo, desde o topo da cabeça até a ponta dos dedos dos pés, podem ser usadas como arma. Por exemplo, do pulso para baixo existem pelo menos dez armas possíveis: o seiken (punho normal), o uraken (o dorso do punho), o shuken (o punho da mão), o ippon­ken (o punho de ponto único), o chükõken (outro punho de ponto único), o tettsui (o punho-martelo), o shutõ (a mão em espada), o nukite (a mão em lança), o ippon nukite (a mão em lança de um dedo) e o nihon nukite (a mão em lança de dois dedos). E do tornozelo para baixo: koshi (a bola do pé), o shusoku (o arco do pé), o sokutõ (pé em espada), o tsumasaki (a ponta do dedo), o enju (o calcanhar) e o sokkõ (o topo do pé). Outras áreas dos braços e das pernas usadas como armas são os pulsos, os cotovelos e os joelhos. Quase não há parte do corpo que não possa ser usada como arma.

CALENDÁRIO DESPORTIVO 2012 DA F.C.K.E

CALENDÁRIO DESPORTIVO 2012

MÊS

DIA

EVENTO

LOCAL

Fevereiro

25

10ª Festa do Ranking Cearense

A CONFIRMAR

26

Curso de arbitragem

Março

10 e 11

Curso e prova com credenciamento

01

XVIII Campeonato Cearense - Kata

Abril

29

X Copa Santa Isabel

Col. Santa Isabel

Maio

18 a 20

4º Zonal Norte Nordeste de Karatê Esportivo e Educacional

Parauapebas – Pa.

Junho

10

IV Copa Vale do Acaraú

Julho

Corrida do Pão de Açúcar

19 a 22

Campeonato Mundial

Teresina - Pi

29

Passeio de Férias

Agosto

19

Copa Leão Bezerra

Sesc

Setembro

07 a 09

5º Campeonato Brasileiro de Karatê Esportivo e Educacional

Taboão da Serra - SP

23

Copa Dojô Tigre

Outubro

27 e 28

XVIII Campeonato Cearense - Kumitê

Dezembro

16

Exame para Faixa Preta

QUEM SOU EU

Minha foto
Fortaleza, Ceara, Brazil
Educação arte e espote

ARTE MARCIAL

Arte-É definida como criatividade ,habilidade,expressão ou concretizarão de uma idéia ou de coisas que possuem formas e beleza.o domínio de uma técnica ou maneira de ser e/ ou fazer ao que possa mexer em nossa alma corpo ou coração.
Marcial-deriva do marte,Deus da guerra,no panteão romano,irmão de Minerva, deusa da sabedoria.quando falamos guerra,é necessário prestar muita atenção pos este termo representa muitos símbolos.Marcial aqui significa junto com este termo guerra, uma busca em um objetivo de conhecer o seu maior combatente que é o seu (EU)