ESCOLA ASTEKA

Loading...

TOTAL DE VISITAS

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

VOCABULÁRIO USADO NO DOJÔ


1 – Ichi;
 2. Ni
 3. San
 4. Shi
 5. Go
 6. Roku 7. Shithi
 8.Hachi
 9.Keu 
10.Dyu
20 – niju;
30 – sanju;
100 – hyaku
Outras formas de contar
-Esta forma assemelha-se com nossa contagem decimal,servo por exemplo pra expor uma contagem tecnica.
1 – Ippon;
2 – Nihon;
3 – Sanbon;
4 – Yohon;
5 – Gohon;
6 – Roppon;
7 – Nanahon;
8 – Happon;
9 – Kyuhon;
10 – Juppon;

Palavras:
Age – Ação de erguer, levantar
Ai hanmi – Posição relativa de dois praticantes, com a mesma perna à frente
Aikido – Literalmente: via da harmonização da energia
Ashi – Perna, pé
Ashi barai – Varrimento com o pé
Atama – Cabeça
Atemi – Batimento
Awase – Combinação, junção, harmonização
Ayumi – Andamento
Barai – Varrimento
Bo – Pau longo
Bojutsu – Técnicas de bastão
Bokken – Sabre de madeira
Bu, Bushi – Guerreiro
Budo – Caminho do guerreiro, artes marciais
Chi – Palavra chinesa para energia vital, o mesmo que “Ki”.
Chudan – Nível médio (do pescoço até à cintura)
Dachi – Posição
Dai – Grande
Dan – Nível, grau ( faixa preta )
Do – Via, caminho
Dojo – Local de treino de Budo
Embusen – Diagrama de uma kata
Empi – Cotovelo, o mesmo que “hiji”
Fumi – Esmagar
Gedan – Nível baixo (da cintura para baixo)
Geri – chute
Gi – Fato para a prática de Budo composto de Uwagi (casaco), Zubon (calça) e Obi (cinto)
Go-no-sen – Táctica de deixar o oponente atacar primeiro para contra-atacar
Gyaku – Contrário, inverso
Hajime – Iniciar, começar
Happo – Oito direções
Hara – Abdômen
Heiko – Paralelo
Henka – Mudança (de posição)
Hidari – Esquerda
Hiji – Cotovelo
Hiki-te – Recuo do punho até o quadril
Hiza – Joelho
Ho – Direção, sentido
Ho – Método
Ippon – Um (ponto, passo, ataque, etc.)
Ippon-kumite – Exercícios com parceiro com 1 ataque 1 defesa
Irimi – Movimento de entrada (no círculo do adversário)
Jitsu (jutsu) – Técnica
Jiyu – Livre
Jiyu-ippon-kumite – Combate livre (controlado) com um só ataque
Jiyu-kumite – Exercícios controlados com parceiro em que as formas de combate são livres
Jo – Alto
Jodan – Nível alto (do pescoço para cima)
Joseki – Lado superior, lugar de honra no Dojo.
Ju – Suavidade, suave
Judo – Caminho da suavidade
Ju-kumite – Combate em suavidade
Kagi, Kake – Gancho, enganchar
Kaisho-waza – Técnicas com mão aberta
Kakato – Calcanhar
Kamae – Posição de defesa
Kamaete – Ordem para tomar a posição
Kara – Vazio
Karada – Corpo, o mesmo que “tai”
Karate-do – Caminho das mãos vazias
Kata – Forma de treino, com ou sem parceiro, com seqüências de técnicas predeterminadas
Katana – Espada
Keage – Movimento ascendente rápido
Keiko – Treino
Kekomi – Movimento penetrante
Ken – Sabre, espada
Kendo – Arte da esgrima japonesa
Keri (Geri, em composição) – chute
Ki – Energia, força vital, espírito
Kiai – Exteriorização da energia através de grito
Kihon – Técnicas de base
Kime – Concentração de energia física e mental, decisão
Kiritsu – Levantar
Ko – Pequeno, posterior
Kohai – Praticante mais novo, o contrário de Sempai
Kokoro – Espírito, coração
Kokyu – Força respiratória
Koshi (goshi, em composição) - quadril
Kote – Pulso
Kumite – Combate
Kuzushi – Desequilíbrio
Kyu – Grau de aluno
Kyusho – Pontos vitais
Maai – Distância correta
Mae – Frente
Maki – Enrolar

Makiwara – Alvo tradicionalmente de palha enrolada para treino de Karate-do ou Kyudo
Mawashi – Movimento circular
Midale – Método de treino de Karate-do que consiste em ataques e esquivas contínuas
Migi – Direita
Mokuso – Literalmente: não pensar. Atitude de concentração executada durante o cerimonial de início e final da prática de Budo
Morote – Ambas as mãos
Neko – Gato
Nobashi – Extensão, ação de esticar
Nukite – Ataque com os dedos juntos e esticados
O – Grande
Okuri – Deslizar
Osae – Imobilização
Otagai-ni-rei – Saudação mútua
Otoshi – Movimento de cima para baixo
Randori – Combate livre
Rei – Saudação
Reigi – Etiqueta, regras de conduta
Ritsu-rei – Saudação de pé
Ryo – Ambos
Ryu – Estilo, escola
Sabaki – Esquiva
Sai – Arma em forma de tridente originária de Okinawa
Samurai – Guerreiro japonês
Sanbon-Kumite – Combate com três ataques
Sasae – Sustentar, suportar
Seiza – Sentar na posição de joelhos
Sempai – Aluno mais graduado, mais antigo
Sen-no-sen – Antecipação
Sensei – Professor
Sensei-ni-rei – Saudação ao professor
Shiho – Quatro direções
Shikko – Andar na posição de joelhos
Shin – Espírito
Shinai – Espada de bambu usada na prática de Kendo
Shisei – Posição, postura
Shizentai – Posição natural do corpo, de pé
Sho – Pequeno
Shomen – De frente
Shomen-ni-rei – Saudação para a parede principal do dojo
Shuto – Sabre da mão (lado do dedo mínimo)
Sokuto – Sabre do pé, lado do dedo mínimo
Soto – Exterior
Tai – corpo, o mesmo que “karada”
Tai-sabaki – Esquiva do corpo
Tanto – Punhal
Tate – Vertical
Te – Mão
Tettsui – Parte lateral exterior do punho
To – Distante, longe
Tobi – Saltar
Tokui – Mais forte
Tokui-waza – Técnica mais forte, favorita
Tomoe – Circular
Tori – O que ataca, o que executa
Tsuki – Soco, murro
Uchi – Interior
Ude – Braço, antebraço
Uke – O atacante, na prática a dois; o que executa a queda
Ukemi – Queda, enrolamento
Ura – Movimento realizado rodando; as costas do adversário
Uraken – Costas da mão
Ura-mawashi – Pontapé circular para trás
Ushiro – Atrás, para trás
Wakizashi – Espada mais curta
Waza – Técnica
Yakosoku – Combinado, sem resistência
Yame – Parar
Yasume – Ordem de descontrair
Yoi – Ordem de atenção, preparar
Yoko – de lado, lateral
Zanshin – Atitude de concentração
Zen – Frente
Zen – Disciplina japonesa, uma das correntes do Budismo

Nenhum comentário:

A PALAVRA OSS!

Em sânscrito , mantra (a palavra mantra tem dois componentes MAN=pensar e TRA= transcender , livra-se das armaduras, instrumento) a saber pode se traduzido como vocalização de uma letra, silaba, palavra, frase ou texto, com ou sem notas musicais cujo potencial vibratório emana toda a sua mensagem de comunicação.

A palavra oss, é um mantra de origem japonesa , e torna-se praticamente uma linguagem dentro do mundo do karatê-do, compreendida e trocada no meio de numerosos praticantes de varias nacionalidades e linhas técnicas , o que faz ter uma conotação universal , não somente nas ocasiões de encontros cotidianos mas também para substituir certas palavras ou expressões diárias tais como: bom dia, boa tarde, sim, não , entendi, não entendi, ouvi,certo etc.

Quando for usa-la para cumprimentar ou saudar, faça-o com firmeza e vigor, olhe nos olhos do outro e depois incline levemente demonstre respeito, sinceridade, confiança e segurança pelo seu semelhante; quando a saudação for em grupo se concentre em cada pessoa que esta no dojô, mesmo os que são simplesmente ouvintes.

A transição fonética do oss , escreve originalmente com dois caracteres chineses.

O primeiro caractere que significa literalmente pressionar, simboliza o espírito combativo, a importância do esforço de afrontar todos os obstáculos que venham ti desafiar.

O segundo caractere , que significa sofrer e o espírito de perseverança; suporta as dores e resiste os momentos de depressão com paciência e sem renunciar guardando sempre a serenidade.

A expressão oss , chama toda egregora de karateca ao esforço maximo para que se tomem um resolução , se comuniquem e coragem mutuamente, estando educados para o melhor caminho.

Quando foi ecoada pela primeira vez na escola naval, já ecoava todo poder d e seus princípios.

A palavra oss não pode nem deve ser pronunciada levianamente , pois devemos reexaminar nossa atitude ,postura estado de espírito , pronunciação e harmonia interior. Não queremos aqui impor um conduta padrão mais sim da um medida para que todo karateca possa ter um base nas teorias e aplicar na pratica.

Onde encontrar as escola Asteka?

R. Paraguaçu 834-Serrinha- Fortaleza-Ce
fone. 88083244
Shihan Francisco Djalma 5º dan


R. Jaime Benevolo- Fatima-Fortaleza-Ce- ACADEMIA CORPORE-SANO
fone. 3227-8300
Shihan Francisco Djalma 5ºdan

R. Menor Geronimo s/n Passaré-Fortaleza-Ce -ESPAÇO VIVA GENTE
fone.3101-3018/31013017
Sensei Elson araujo 1º dan



Av. 2 de Maio s/n-Passaré-Fortaleza-Ce- E.E.F RAIMUNDO DE MOURA MATOS
fone.
Kohai Franciso Carlos


R. Sitônio Monteiro s/n- Santa Luzia- Canindé-Ce- CSU
fone.99335586/99946359/88377127/88083244
Shihan Francisco Djalma 5º dan
Shihan Romilson Mariano 4ºn
Sensei Ivanildo Amorin 2º dan
Sensei Francisco Erilson 1º dan


EEFM. Senador Paulo Sarasati - centro de Paramoti-Ce
fone.99187802
Sensei Marcos Rocha 3º dan







POTÊNCIAS DO KARATÊ

Muitas pessoas têm a impressão errônea de que as armas do karatê são apenas as mãos (fechadas ou abertas) e os braços, os pés e as pernas. Entretanto, não é exagerado dizer que todas as partes do corpo, desde o topo da cabeça até a ponta dos dedos dos pés, podem ser usadas como arma. Por exemplo, do pulso para baixo existem pelo menos dez armas possíveis: o seiken (punho normal), o uraken (o dorso do punho), o shuken (o punho da mão), o ippon­ken (o punho de ponto único), o chükõken (outro punho de ponto único), o tettsui (o punho-martelo), o shutõ (a mão em espada), o nukite (a mão em lança), o ippon nukite (a mão em lança de um dedo) e o nihon nukite (a mão em lança de dois dedos). E do tornozelo para baixo: koshi (a bola do pé), o shusoku (o arco do pé), o sokutõ (pé em espada), o tsumasaki (a ponta do dedo), o enju (o calcanhar) e o sokkõ (o topo do pé). Outras áreas dos braços e das pernas usadas como armas são os pulsos, os cotovelos e os joelhos. Quase não há parte do corpo que não possa ser usada como arma.

CALENDÁRIO DESPORTIVO 2012 DA F.C.K.E

CALENDÁRIO DESPORTIVO 2012

MÊS

DIA

EVENTO

LOCAL

Fevereiro

25

10ª Festa do Ranking Cearense

A CONFIRMAR

26

Curso de arbitragem

Março

10 e 11

Curso e prova com credenciamento

01

XVIII Campeonato Cearense - Kata

Abril

29

X Copa Santa Isabel

Col. Santa Isabel

Maio

18 a 20

4º Zonal Norte Nordeste de Karatê Esportivo e Educacional

Parauapebas – Pa.

Junho

10

IV Copa Vale do Acaraú

Julho

Corrida do Pão de Açúcar

19 a 22

Campeonato Mundial

Teresina - Pi

29

Passeio de Férias

Agosto

19

Copa Leão Bezerra

Sesc

Setembro

07 a 09

5º Campeonato Brasileiro de Karatê Esportivo e Educacional

Taboão da Serra - SP

23

Copa Dojô Tigre

Outubro

27 e 28

XVIII Campeonato Cearense - Kumitê

Dezembro

16

Exame para Faixa Preta

QUEM SOU EU

Minha foto
Fortaleza, Ceara, Brazil
Educação arte e espote

ARTE MARCIAL

Arte-É definida como criatividade ,habilidade,expressão ou concretizarão de uma idéia ou de coisas que possuem formas e beleza.o domínio de uma técnica ou maneira de ser e/ ou fazer ao que possa mexer em nossa alma corpo ou coração.
Marcial-deriva do marte,Deus da guerra,no panteão romano,irmão de Minerva, deusa da sabedoria.quando falamos guerra,é necessário prestar muita atenção pos este termo representa muitos símbolos.Marcial aqui significa junto com este termo guerra, uma busca em um objetivo de conhecer o seu maior combatente que é o seu (EU)