ESCOLA ASTEKA

Loading...

TOTAL DE VISITAS

terça-feira, 31 de março de 2009

Os katas do Shotokan

O KATAS são a essência do estilo de karatê, neles estão contidas as técnicas de grandes mestres. Cada kata representa uma situação diferente pela qual o carateca esta passando.
TAIKYOKU (A Criação): Este representa, na verdade, três Kata, na ordem Shodan, Nidan e Sandan. Não é utilizado hoje em dia, era utilizado para introduzir iniciantes, já que é o mais fácil dos kata para ser aprendido. Consiste nos bloqueios e ataques mais útil na prática das técnicas básicas. Este Kata e o Ten No Kata (descrito adiante) são os produtos de muitos anos de pesquisas sobre a arte do Karate. Quando praticados regularmente resultam no desenvolvimento equilibrado do corpo e na estável habilidade para suportar o corpo corretamente. Além disso, o aluno que adquiriu proficiência nas técnicas básicas e compreende a essência do Kata Taikyoku, irá valorizar o real significado deste princípio: “No karate não há vantagem no primeiro ataque”.
HEIAN (Paz e Tranqüilidade): Há cinco formas de Heian (shodan, nidan, sandan, yodan, godan), contendo uma grande variedade de técnicas, sendo quase todas relacionadas a posturas básicas. Alguém que tenha aprendido estas cinco formas pode estar seguro que é capaz de defender-se com muita habilidade na maioria das situações. O significado do nome deve ser levado em consideração neste contexto. Observa-se que as formas indicadas aqui como Shodan (primeira) e Nidan (segunda) estão inversas em relação à sua ordem tradicional. Esta mudança foi introduzida após considerar seus vários pontos de dificuldade e facilidade para o ensinamento.
TEKKI (Cavaleiro de Ferro) ou (Andar a Cavalo): O nome refere-se a característica distinta deste Kata que é sua postura Kiba-dachi, como montar a cavalo. Neste as pernas são fortemente posicionadas bem abertas, como se fosse para sentar no dorso de um cavalo, e a tensão é aplicada nas bordas externas das solas dos pés com a sensação de concentrar a força em direção ao centro, sendo praticado para o desenvolvimento do kime (força).
BASSAI (Romper a Fortaleza) ou (Atravessar a Fortaleza): É um kata que reuni as principais técnicas básicas do karate Shotokan. Este sugere o confronto contra um adversário superior, que não tenha pontos fracos (fortaleza), no qual o praticante terá que superar os seus próprios limites para conseguir a vitória. Há duas formas de Bassai (Dai,e Shô).
KANKU (Olhar Para O Céu) ou (Contemplar o Céu): O nome deste Kata derivou-se originariamente do mesmo introduzido por Ku Shanku, integrante do exército Chinês. O nome refere-se ao primeiro movimento do Kata, no qual levanta-se as mãos e olha-se para o céu. Há duas formas de Kanku (Dai e Shô), um curta e outra longa.
JITTE (Dez Mãos) ou (Dez Técnicas): Nas formas remanescentes pertencem ao estilo Shorei, os movimentos são um tanto mais pesados quando comparados àqueles do estilo Shorin. A postura é bastante audaz. Proporcionam um bom condicionamento físico, embora sejam difíceis para iniciantes. O nome Jutte sugere que alguém que tenha aprendido este Kata é tão eficiente como dez homem de uma só vez.
HANGETSU (Meia-Lua): Nos movimentos para frente, neste Kata, são descritos semicírculos com as mãos e os pés de maneira característica, sendo seu nome derivado deste fato. Um das grandes características é a respiração, sendo devidamente trabalhada de forma sincrônica com os movimentos.
ENPI (O Vôo Da Andorinha): A movimentação característica deste Kata é o ataque a um nível mais acima do solo. Na seqüência segura-se o opoente e o induz a permanecer em uma posição específica, simultaneamente avançando e atacando novamente. O movimento representa o vôo rápido e ágil da andorinha. Sem dúvida um dos katas mais rápidos do estilo.
GANKAKU (O Grou Sobre a Rocha): A característica deste Kata é a postura em uma só perna que ocorre repetidamente. Representa a visão esplêndida de uma garça pousada em total equilíbrio em uma pedra, prestes a lançar-se sobre a sua vítima.
JION (Amor e Gratidão): Este é o nome original e tem aparecido freqüentemente na literatura chinesa desde os tempos antigos. O Jionji é um famoso velho templo Budista, e há um santo Budista bastante conhecido chamado Jion. O nome sugere que o Kata tenha sido introduzido por alguém identificado com o Templo Jion, assim como o nome Shorin-ji Kempo deriva de uma relação com o Templo Shorin. É um kata de base pesadas.
CHINTE (Mãos Estranhas) ou (Técnicas Estranhas): Possui este nome por conta de técnicas não tanto comuns, (dedo nos olhos) e coisas do gênero. Este trata de uma situação que o oponente tem uma vantagem física, tornando necessário atacar em ponto do corpo onde não haja vantagem física.
UNSU (Mãos e Nuvens):O Kata com o estilo do Dragão por Mestre Aragaki. Onde ele o treinou não se tem conhecimento, mas as grandes influências Chinesas neste Kata sugerem que tenha sido certamente em continente chinês. O nome usado em Okinawa é Unshou e significa “Defesa Contra A Nuvem”, ou seja, mesmo se seus inimigos cercarem você como uma nuvem, com certeza você os vencerá se tiver aprendido o Unsu. Este é sem dúvida o kata mais curioso do estilo Shotokan, possuindo técnicas das mais variadas formas, das mais simples as mais complexas, sendo somente indicado a praticantes de alto nível técnico.
SOCHIN (Espírito Inabalável): Este nome sugere que o praticante que o domine não temerá nada. É um kata de bases bastante pesadas primando para um bom desenvolvimento da base, postura e força.
NIJUSHIHO (Vinte e Quatro Passos): Um kata bem complexo apesar da pouca quantidade de movimentos. Este faz um rápida mudança de direção e um grande variação de técnicas de defesa e contra-ataque.
GOJUSHIHO (Cinqüenta e Quatro Passos): Há duas formas de Gojushiho (Dai e Shô)sendo estes uns dos maiores katas do estilo shotokan. Neles existem técnicas bem singulares não sendo vistas em nenhum outro kata shotokan.
MEIKYO (Espelho Limpo) ou (Espelho da Alma): Este é um Kata muito misterioso. Presume-se que os japoneses o conheciam muito antes que Mestre Funakoshi tenha introduzido o Karate de Okinawa no Japão. Há até mesmo uma lenda japonesa a respeito de Ameratsu, a deusa do sol. Ela havia perdido seu espelho e não podia admirar-se, ficando muito aborrecida. Desta maneira, o mundo ficou nas trevas. Finalmente os outros deuses decidiram que alguma coisa deveria ser feita, então enviaram um grande guerreiro para realizar a “Dança da Guerra” do lado de fora da caverna. A “Dança Da Guerra” foi nomeada Meikyô. Meikyo é traduzido como “O Espelho da alma”. O nome antigo para Meikyo era Rohai, o qual está agora voltando a ser usado.
JIIN (Amor e Proteção): Este segue o mesmo principio do JION, sendo um kata de base pesadas e sempre visando uma melhor postura do praticante.
WANKAN (Coroa Real):Esta Kata era conhecida no passado pelo nome de Shiofu e Hito que significava a Coroa do Rei. É a Kata mais curta do Karate Shotokan, só com um Kiai. Como não fazia parte do grupo inicial de katas introduzidas por Gichin Funakoshi no Japão, é geralmente aceito que foi o filho Yoshitaka Funakoshi que a introduziu no Shotokan, numa nova versão, por si trabalhada e modernizada. Devido a sua dimensão existe a idéia que é uma kata inacabada, cujo desenvolvimento foi interrompido com a morte precoce de Yoshitaka Funakoshi. Esta tese ganha significado já que as versões atualmente existentes em outros estilos de Okinawa, são bastante mais compridas. Um kata sem duvida singular, contendo técnicas básicas e avançadas como torções. É o menos do estilo shotokan.

Nenhum comentário:

A PALAVRA OSS!

Em sânscrito , mantra (a palavra mantra tem dois componentes MAN=pensar e TRA= transcender , livra-se das armaduras, instrumento) a saber pode se traduzido como vocalização de uma letra, silaba, palavra, frase ou texto, com ou sem notas musicais cujo potencial vibratório emana toda a sua mensagem de comunicação.

A palavra oss, é um mantra de origem japonesa , e torna-se praticamente uma linguagem dentro do mundo do karatê-do, compreendida e trocada no meio de numerosos praticantes de varias nacionalidades e linhas técnicas , o que faz ter uma conotação universal , não somente nas ocasiões de encontros cotidianos mas também para substituir certas palavras ou expressões diárias tais como: bom dia, boa tarde, sim, não , entendi, não entendi, ouvi,certo etc.

Quando for usa-la para cumprimentar ou saudar, faça-o com firmeza e vigor, olhe nos olhos do outro e depois incline levemente demonstre respeito, sinceridade, confiança e segurança pelo seu semelhante; quando a saudação for em grupo se concentre em cada pessoa que esta no dojô, mesmo os que são simplesmente ouvintes.

A transição fonética do oss , escreve originalmente com dois caracteres chineses.

O primeiro caractere que significa literalmente pressionar, simboliza o espírito combativo, a importância do esforço de afrontar todos os obstáculos que venham ti desafiar.

O segundo caractere , que significa sofrer e o espírito de perseverança; suporta as dores e resiste os momentos de depressão com paciência e sem renunciar guardando sempre a serenidade.

A expressão oss , chama toda egregora de karateca ao esforço maximo para que se tomem um resolução , se comuniquem e coragem mutuamente, estando educados para o melhor caminho.

Quando foi ecoada pela primeira vez na escola naval, já ecoava todo poder d e seus princípios.

A palavra oss não pode nem deve ser pronunciada levianamente , pois devemos reexaminar nossa atitude ,postura estado de espírito , pronunciação e harmonia interior. Não queremos aqui impor um conduta padrão mais sim da um medida para que todo karateca possa ter um base nas teorias e aplicar na pratica.

Onde encontrar as escola Asteka?

R. Paraguaçu 834-Serrinha- Fortaleza-Ce
fone. 88083244
Shihan Francisco Djalma 5º dan


R. Jaime Benevolo- Fatima-Fortaleza-Ce- ACADEMIA CORPORE-SANO
fone. 3227-8300
Shihan Francisco Djalma 5ºdan

R. Menor Geronimo s/n Passaré-Fortaleza-Ce -ESPAÇO VIVA GENTE
fone.3101-3018/31013017
Sensei Elson araujo 1º dan



Av. 2 de Maio s/n-Passaré-Fortaleza-Ce- E.E.F RAIMUNDO DE MOURA MATOS
fone.
Kohai Franciso Carlos


R. Sitônio Monteiro s/n- Santa Luzia- Canindé-Ce- CSU
fone.99335586/99946359/88377127/88083244
Shihan Francisco Djalma 5º dan
Shihan Romilson Mariano 4ºn
Sensei Ivanildo Amorin 2º dan
Sensei Francisco Erilson 1º dan


EEFM. Senador Paulo Sarasati - centro de Paramoti-Ce
fone.99187802
Sensei Marcos Rocha 3º dan







POTÊNCIAS DO KARATÊ

Muitas pessoas têm a impressão errônea de que as armas do karatê são apenas as mãos (fechadas ou abertas) e os braços, os pés e as pernas. Entretanto, não é exagerado dizer que todas as partes do corpo, desde o topo da cabeça até a ponta dos dedos dos pés, podem ser usadas como arma. Por exemplo, do pulso para baixo existem pelo menos dez armas possíveis: o seiken (punho normal), o uraken (o dorso do punho), o shuken (o punho da mão), o ippon­ken (o punho de ponto único), o chükõken (outro punho de ponto único), o tettsui (o punho-martelo), o shutõ (a mão em espada), o nukite (a mão em lança), o ippon nukite (a mão em lança de um dedo) e o nihon nukite (a mão em lança de dois dedos). E do tornozelo para baixo: koshi (a bola do pé), o shusoku (o arco do pé), o sokutõ (pé em espada), o tsumasaki (a ponta do dedo), o enju (o calcanhar) e o sokkõ (o topo do pé). Outras áreas dos braços e das pernas usadas como armas são os pulsos, os cotovelos e os joelhos. Quase não há parte do corpo que não possa ser usada como arma.

CALENDÁRIO DESPORTIVO 2012 DA F.C.K.E

CALENDÁRIO DESPORTIVO 2012

MÊS

DIA

EVENTO

LOCAL

Fevereiro

25

10ª Festa do Ranking Cearense

A CONFIRMAR

26

Curso de arbitragem

Março

10 e 11

Curso e prova com credenciamento

01

XVIII Campeonato Cearense - Kata

Abril

29

X Copa Santa Isabel

Col. Santa Isabel

Maio

18 a 20

4º Zonal Norte Nordeste de Karatê Esportivo e Educacional

Parauapebas – Pa.

Junho

10

IV Copa Vale do Acaraú

Julho

Corrida do Pão de Açúcar

19 a 22

Campeonato Mundial

Teresina - Pi

29

Passeio de Férias

Agosto

19

Copa Leão Bezerra

Sesc

Setembro

07 a 09

5º Campeonato Brasileiro de Karatê Esportivo e Educacional

Taboão da Serra - SP

23

Copa Dojô Tigre

Outubro

27 e 28

XVIII Campeonato Cearense - Kumitê

Dezembro

16

Exame para Faixa Preta

QUEM SOU EU

Minha foto
Fortaleza, Ceara, Brazil
Educação arte e espote

ARTE MARCIAL

Arte-É definida como criatividade ,habilidade,expressão ou concretizarão de uma idéia ou de coisas que possuem formas e beleza.o domínio de uma técnica ou maneira de ser e/ ou fazer ao que possa mexer em nossa alma corpo ou coração.
Marcial-deriva do marte,Deus da guerra,no panteão romano,irmão de Minerva, deusa da sabedoria.quando falamos guerra,é necessário prestar muita atenção pos este termo representa muitos símbolos.Marcial aqui significa junto com este termo guerra, uma busca em um objetivo de conhecer o seu maior combatente que é o seu (EU)